31 julho 2009

Ana e Mia

Eu olho essa imagem e penso: "quantas delícias!". Eu não sei se você enxerga o mesmo.
Anorexia e Bulimia ou Ana e Mia já foram muito discutidas na mídia, alguns casos chocaram as pessoas, até casos de morte, mas alertar nunca é demais, até porque quem está perto as vezes não consegue enxergar o problema até que tenha piorado ou seja tarde demais.

Na anorexia a pessoa se enxerga acima do peso e não importa o quanto magra ela esteja ou o quanto os outros digam isso, ela continua com uma visão distorcida de si mesmo. Quem sofre dessa doença não considera o seu comportamento errado e podem até comentar com parentes e/ou amigos que precisa emagrecer mesmo estando magro, esse é o primeiro alerta. É preciso ficar atento ao comportamento dessa pessoa, dos hábitos a mesa, se come escondido, se as vezes come demais até não agüentar e ter que colocar tudo para fora. O anoréxico precisa de tratamento psicológico e medicamental, é necessário procurar ajuda profissional e em alguns casos é necessário a internação.

Na bulimia a pessoa não quer engordar mas não consegue controlar o impulso para comer, então para sentir-se leve novamente faz de tudo para colocar a comida para fora, desde forçar o vômito até tomar laxantes. Ao contrário da anorexia a pessoa sabe que o comportamento não é certo mas sente vergonha por estar assim e por não conseguir controlá-lo sente-se inferiorizado, desprezível. Essas pessoas não costumam chegar a magreza extrema, costumam estar dentro do seu peso ideal ou um pouco acima, mas também não chegam a obesidade.
Fique atento ao que a pessoa come nesses impulsos, costumam ser combinações bizarras como feijão com leite condensado.

Para saber mais visite o Psicosite.

Anorexia e Bulimia não são produtos da vida moderna, não são reflexos da imposição da mídia, são doenças que fazem a pessoa sofrer muito e ter problemas físicos, no caso da anorexia a pessoa pode chegar ao óbito. Se você conhece alguém ou desconfia de alguém com alguma dessas duas doenças, abra bem os olhos, tome fôlego e diga para si mesmo que isso pode sim acontecer com uma pessoa perto de você. Não seja condescendente!

6 comentários:

  1. Muito legal o post, Mari. E pior que isso é muito mais comum do que parece. Eu achava que na maioria dos casos a culpa era da mídia mesmo, mostrando sempre pessoas muito magras como exemplos a serem seguidos. Mas você está certa. Acho que é muito mais uma doença mesmo do que um "modismo". É importante mesmo divulgar. Parabéns pela idéia. =)
    Beijinhos,
    Bia.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o texto!
    Excelente utilidade pública.
    Bom final de semana, MARI

    ResponderExcluir
  3. Sempre quero emagrecer mais nunca cheguei neste ponto Graças a Deus!!!!

    beijinhus

    ResponderExcluir
  4. Eu achei tudo uma delícia e apesar de emu blog ser também sobre emagrecimento jamais deixo de enfocar é sobre EMAGRECIMENTO SAUDÁVEL. Bacana vocês colocar isso aqui!

    bjks

    ResponderExcluir
  5. aai que perigo esse post!
    *--------*

    ResponderExcluir
  6. Olá, já estou seguindo seu blog ...

    Sou Priscilla Villas - Personal Stylist no RJ e passei por aqui para convidar para visitar e ser uma seguidora do meu blog
    http://uberstyleblog.blogspot.com
    www.uberstyle.com.br

    Acesse !!!
    Acompanhe aqui as matérias sobre Moda, Tendêcia, Luxo, Lazer, Viagens, Dicas, ...
    Bjs ÜberStyle by Priscilla Villas

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário e volte sempre que quiser, esse espaço não é o mesmo sem você!