02 maio 2011

Tão caro!

A Constanza do Futilish desabafou no Twitter que está achando tudo tão caro, foi aí que me veio a idéia de fazer este post.
Quando eu fiz 18 anos eu quis trabalhar de qualquer jeito e o meu primeiro emprego foi como atendente de telemarketing, no começo era tudo novidade, depois se tornou algo tão insuportável que eu não aguentei, depois eu trabalhei na parte administrativa de um hospital, em um curso de idiomas e informática e agora estou onde estou há 2 anos e 5 meses.
Os pais sempre dizem que só daremos valor ao dinheiro quando passarmos a lutar para ganhá-lo, e é verdade, ultimamente acho tudo tão caro e penso 3x antes de comprar alguma coisa. Sim, eu já tive impulso consumista como toda mulher mas eu mudei. Batons a R$50,00 por melhores que sejam, acho muito caro, calça jeans eu uso muito então não dura tanto, por isso prefiro comprar 3 boas e com bom preço do que uma de marca, pesquiso muito antes de me jogar numa compra online com frete, prefiro os sites com frete baixo, ou melhor ainda, sem frete.
Eu estou falando da minha realidade, quem pode pagar R$300,00 numa calça jeans, ok, vá em frente, nada contra. Mas eu sou assalariada e ainda estou na faculdade, sem necessidade de maiores explicações né? Meus maiores gastos são com transporte, comida, faculdade e material.


Todo mês vocês compram alguma coisinha? Eu compro o que me falta, como shampoo, produtos para o rosto, para o corpo, para o cabelo, as coisas básicas, mas maquiagem estou evitando porque já tenho mais do que o suficiente, uso o mesmo blush no dia a dia há 2 anos e só comecei a ver o fundo agora. Roupa eu compro mais quando eu preciso mas rola de ter alguma peça que eu queira muito, como uma saia de renda por exemplo que eu não encontro do jeito que eu quero. Sapato é algo mais complicado, eu vou a procura do que estou em falta ou que eu acho que estou falta mas sempre tem um modelo super lindo na loja que acaba indo para o caixa também, difícil eu levar um só, sério. Agora, esmalte, é baratinho, pequenininho, tem várias cores, tem em tudo quanto é canto, e vira e mexe quando entro na farmácia acabou levando 1 ou 2, tenho esmalte pra caramba! Bijous eu tenho poucas, ainda tenho a mania de comprar anéis de R$5,00 que não duram nem uma semana, mas no Natal eu ganhei uns anéis bonitos e de boa qualidade e no início do ano eu descobri a Josefina Rosa Cor que tem bijous lindas, de qualidade boa e com preço justo.


Enfim, é isso, eu to achando tudo muito caro e garimpando mais antes de me jogar nas compras, tem meses que eu não compro nada, nadinha a não ser o básico e o necessário. Sou moça comportada ou não sou?
Mas tem épocas que eu tenho medo de ficar perto do cartão de crédito, M-E-D-O! Além de eu ter mania de alguma coisa, as vezes estou com mania de cosméticos, outras de roupas, passa um tempinho e eu quero um estoque de lingeries, é assim com vocês também? Mas tem aquele velho ditado: "vontade é uma coisa que dá e passa".

4 comentários:

  1. Oi.. LIndinha..
    Depois que meu filho foi embora de casa e que fico bancando ele...
    Acho tudo caro para mim... Mas o filhão não acha.... Sei que talvez eu não esteja fazendo a coisa certa.. Mas tenho um coração tão molinho que parece figado com hepatite.... Adoro batom.. bijous.. esmalte.. enfim cosisnhas que faz parte de nossa vidinha...Mas quando vejo o preço::::
    - Nossa... tá caro,Hem !!!!
    E acabo não levando...
    Bjinhos e adorei ..

    ResponderExcluir
  2. Ta rolando um concurso no meu cantinho.
    Esperando a participação de todos.
    Vão até la conferir.
    http://cantinhodabt.blogspot.com/2011/04/meta-atingida-concurso-mococa-delicias.html

    ResponderExcluir
  3. Também sou uma" mulher de fases", já tive paixões por muitas coisas que fui comprando um monte, make, esmalte, sapato, bolsa. Minha mania do momento são cremes para mãos e óleos de banho... As outras paixões continuam comigo, continuo amando cada uma dessas coisinhas adoradas, mas a fissura pra comprar uma categoria é substituida por outra categoria de tempos em tempos.
    Melhorei muito, antes comprava e ia estocando, só pra ter lá, cheguei a perder vários produtos que venceram sem usar ou eu tinha que doar para amigas/family pois ia vencer. E o que é estranho pois gosto de usar tudo até o finalzinho quando são produtos bons.

    como falei continuo comprando, mas a racionalidade tá pesando e tenho que analisar em média quanto tempo dura cada item para adquirir outro.

    Meu bolso agradeceu

    Parei com estoque sem sentido. Ainda assim meu arsenal é maior do que o de todas minha amigas kkkkk

    ResponderExcluir
  4. Me identifiquei bastante com o texto. Muito bem escrito e, ao meu ver, todas as mulheres tem suas crises consumistas.
    Parabéns pelo blog.
    Bjos

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário e volte sempre que quiser, esse espaço não é o mesmo sem você!